Auxílio Brasil irá gerar um impacto econômico de 90 bilhões em 2022


Segundo João Roma, ministro da Cidadania, em entrevista ao programa A Voz do Brasil no dia 7 de fevereiro, o Auxílio Brasil, programa social que ficou no lugar do extinto Bolsa Família, irá injetar cerca de R$ 90 bilhões na economia de varejo no decorrer do ano de 2022.

Ainda segundo o ministro, o Governo Federal irá pagar também um aditivo do Auxílio Emergencial, que foi encerrado em outubro de 2021, aos homens que são chefes de família. O Auxílio Emergencial, a princípio, tinha como prioridade as mulheres que eram chefes de família, mas no fim de 2021, o Congresso Nacional liberou o aditivo para os homens. Dessa forma, esse valor retroativo será pago pela Caixa Econômica Federal.

É provável que você também goste:

Caixa começa a pagar parcela de fevereiro do Auxílio Brasil

Auxílio Brasil de R$ 400 terá recorde de beneficiários em fevereiro

Saiba o que é o Benefício Extraordinário do Auxílio Brasil

O ministro João Roma, afirmou:

“São vários programas que vão além da proteção social, mas também buscar a transformação social para as famílias brasileiras. Estamos conseguindo fortalecer com o programa permanente de transferência de renda, que é o Auxílio Brasil, mais de 17 milhões de famílias necessitadas em todo o Brasil.”

A Tarifa Social de Energia Elétrica, que já contempla 24 milhões de famílias e concede desconto na conta de luz diretamente na fatura, também será atrelada ao cadastro do Auxílio Brasil, que é realizado por meio do Cadastro Único (CadÚnico).

O sistema realiza uma seleção de forma automática dos cadastros aptos do CadÚnico e concede o benefício. Roma ressalta que, se a pessoa se encontra em situação de necessidade e ainda não recebeu o desconto, é preciso ir ao Centro Regional de Assistência Social (CRAS) e atualizar os dados do CadÚnico.

Em relação às chuvas fortes que causaram um grande impacto em várias cidades das regiões Nordeste e Sudeste, o ministro disse que o Ministério da Cidadania trabalha de forma ágil para ajudar aos municípios afetados pelas catástrofes naturais. O ministro ainda explicou que o governo está ajudando as prefeituras:

“Muitas famílias necessitadas. Vivemos isso no local. Vimos muitos relatos de famílias que perderam tudo que tinham com a força das águas, de maneira muito traiçoeira. O governo federal está mobilizado, ajudando prefeituras e essas famílias.”

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitchInstagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

+ 89 = 99