Brasil decide evacuar embaixada na Ucrânia


Diante da intensificação do cenário de guerra na Ucrânia e da expectativa de um conflito armado de consequências imprevisíveis nas ruas de Kiev, a embaixada brasileira decidiu dar início à evacuação dos diplomatas e demais funcionários estacionados na capital ucraniana.

O embaixador Norton Rapesta, de 64 anos, já partiu para a cidade de Lviv, a 70 quilômetros da fronteira com a Polônia, onde deverá funcionar um posto de atendimento consular. Outra unidade de apoio aos brasileiros que continuam na Ucrânia deverá ser montada em Chisinau, na Moldávia.

Segundo fontes diplomáticas, boa parte do corpo diplomático em Kiev já deixou o local. Nos próximos dias, o restante dos funcionários deverá ser evacuado. Representações diplomáticas de diversos países ocidentais tomaram a mesma resolução após a divulgação de que a Rússia atacaria instalações de inteligência e comunicação da Ucrânia. Nesta terça, dia 1º, as forças russas disparam um míssil contra a torre de TV de Kiev, desativando transmissões de diversas redes de televisão.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

96 − = 87