Como comprovar trabalho sem registro em carteira?


Se você trabalha ou trabalhou sem carteira assinada, saiba que nem tudo está perdido. 

Infelizmente, esta prática ainda é muito usada no Brasil e, por isso, muitos trabalhadores não sabem que para fins de Previdência Social este tempo pode ser averbado no INSS para ajudar na contagem da aposentadoria.

No meio previdenciário, a averbação de tempo de serviço ou de contribuição significa registrar o tempo de vínculo de trabalho prestado a qualquer instituição, seja pública ou privada.

Portanto, você pode ainda registrar este tempo como carência e tempo de contribuição em sua aposentadoria.

Assim, mesmo que não esteja mais no emprego, o trabalhador precisa entrar com uma ação na Justiça do Trabalho para reconhecer o vínculo com a empresa.

Inclusive, é recomendado fazer isso o quanto antes porque essa análise pode levar tempo e exige o envio de documentos que nem sempre serão fáceis de achar. 

O que é considerado como prova para o registro na carteira? 

Quando a relação empregatícia for reconhecida, o empregador será acionado para pagar as contribuições previdenciárias do trabalhador. Assim, o INSS inclui o tempo de contribuição no Extrato Previdenciário do segurado.

No entanto, o instituto exige prova material. Os documentos necessários são:

  • Comprovantes de pagamentos (pode ser PIX, TED, DOC do seu banco);
  • Conversas em redes sociais sobre os trabalhos realizados;
  • Eventuais registros de ponto feitos no local do trabalho;
  • Fotos e vídeos seus realizando o trabalho;
  • Vídeos de câmeras de segurança do local onde você exercia suas atividades;
  • Qualquer documento adicional que provem o vínculo de trabalho.

Para o trabalhador que chegou a assinar um contrato formal, os documentos exigidos são:

  • Contrato de Trabalho.
  • Termo de Rescisão do Trabalho, entre outros.

Outra prova importante são as testemunhas no seu requerimento de averbação de tempo de contribuição. Dessa forma, é possível colocar pessoas que trabalharam com você, o antigo chefe ou até mesmo um porteiro ou zelador que trabalhava no local. 

Porém, fique atento: só é possível solicitar testemunhas se possuir alguma documentação que comprove o que está sendo alegado.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Divina Epiphania / Shutterstock.com





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

86 − = 83