Como desenvolver uma marca no Marketing Digital

marca

Criar uma marca que se destaque da multidão não é tarefa fácil. Que cara devo dar à minha marca? Que sentimentos quero que a minha marca suscite nas pessoas? Será que o meu público-alvo se identificará com ela?

Mesmo aqueles que estão apenas a começar a pensar em como fazer um produto ou serviço chegar ao seu público ideal já devem ter percebido que não há como escapar a estas questões (a propósito, dê uma olhadela no nosso guia sobre como iniciar um negócio e esclareça as suas dúvidas).

Se apenas tem uma ideia de negócio nas suas mãos e nada mais, ou se pretende promover a sua marca existente, este artigo é para si: aprenda como criar uma marca e desenvolver uma identidade para que a sua loja online tenha força e impacto suficientes no mercado.

📚 Para saber mais: Como construir um negócio online a partir do zero

Mas o que é uma marca?

Uma marca não é apenas um nome fixe e um logótipo simpático que diferencia o seu negócio num mercado competitivo.

A sua marca é também definida pela forma como as pessoas o percebem quando interage com o seu negócio – e aqui incluímos tanto as impressões que pode influenciar como as que estão fora do seu controlo.

Se parar para pensar no assunto, as pessoas também têm marcas. Cada um de nós tem um nome, rosto, estilo e forma diferente de nos expressarmos, e fazemos impressões únicas nas pessoas.

Da mesma forma, as empresas têm nomes, produtos, logótipos, cores, fontes, linguagem e reputação que devem gerir. Estes elementos compõem a identidade das empresas e afectam a forma como são percebidos pelos consumidores.

Não se pode construir uma marca sem consistência, e à medida que se expande a marca para todas as áreas do seu negócio, esta consistência deve ser mantida. Mas antes de mais, é preciso definir qual será a imagem da sua marca e que tipo de sentimento pretende causar nas pessoas.

Como criar uma marca?

O processo de criação de uma marca pode ser feito em 7 etapas:

  1. Analisar o seu público-alvo e os seus concorrentes
  2. Definir o foco e a personalidade
  3. Escolha um nome para a sua empresa
  4. Criar um slogan
  5. Definir a identidade visual
  6. Crie o seu logótipo
  7. Use a sua marca em toda a empresa

Mesmo que mais tarde mude de ideias e queira fazer ajustamentos, é essencial considerar cada uma destas etapas ao definir a identidade da sua marca.

Vamos começar por preparar o terreno para que possa desenvolver a sua marca:

A marca é a identidade da empresa, ou seja, a forma como é reconhecida no mercado. Por conseguinte, deve traduzir a imagem que se pretende transmitir ao mercado. Por conseguinte, definir o posicionamento da empresa e as suas vantagens sobre a concorrência são factores essenciais ao repensar ou criar uma marca.

Geralmente, o logótipo é formado por um nome e um símbolo. A pesquisa de mercado e público-alvo são fontes de criação, permitindo-lhe ganhar uma identidade e ser a tradução da imagem da sua empresa.

Muitas empresas também optam por um slogan – uma frase que destaca o posicionamento e ajuda a transmitir esta imagem aos consumidores. O slogan deve ser curto, fácil de lembrar, e pode ser alterado, mas não frequentemente, seguindo sempre fielmente o posicionamento da empresa. “A publicidade é a alma do negócio” foi um slogan criado na década de 1930 e que ainda hoje se mantém.

A marca deve assegurar a integridade e a fiabilidade conquistadas ao longo dos anos. Uma estratégia de marketing pode ser totalmente em vão e dispendiosa se não tiver registado a marca desejada e tiver de a mudar mais tarde, porque já existe outra empresa com o mesmo nome.

Por esta razão, ao criar uma marca, é fundamental fazer alguma pesquisa para descobrir se já existe uma semelhante, e depois registá-la no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Isto pode ser feito directamente no INPI ou através da contratação de advogados especializados, escritórios qualificados, ou agentes da propriedade industrial.

A pesquisa é para verificar se já existe uma empresa registada nos mesmos campos de actividade ou em campos semelhantes. Se assim for, é necessário criar um novo nome.

Se desejar enviar os seus produtos para o estrangeiro, é necessário proteger a marca, registando-a nos países onde pretende fazer negócios.

Internet
É de importância fundamental prestar atenção à identidade da sua empresa na Internet. Mesmo que ainda não tenha um website, mas pretenda criar um no futuro, pode registar o domínio (o endereço electrónico da sua empresa) para o proteger antes que outra empresa o faça. Há vários sites que registam o domínio por uma taxa anual. Basta fazer a sua pesquisa para ver se o domínio está disponível.

A criação de uma página web dependerá do seu público-alvo e do tipo de empresa. Se os seus clientes têm o hábito de aceder à Internet, poderá ser interessante para o seu negócio. O domínio pode ser registado em http://www.registro.br/ e http://www.fapesp.org/.

Ao conceber o logótipo, considere sempre o seu posicionamento no mercado e lembre-se que este deve ser utilizado durante muito tempo. Não deve alterar o logótipo; ele deve durar para beneficiar as estratégias de consolidação da marca da sua empresa.

Algumas empresas, perante as mudanças do mercado, utilizam estratégias de revitalização da marca, investindo num desenho mais arrojado, de acordo com o seu mercado, sem no entanto alterar o conceito da marca.

O que faz uma marca valer muito é ganhar a confiança do consumidor. Quanto mais está presente na casa e na mente do consumidor, mais ela vende e mais vale a pena.

Quer aprender mais sobre Marketing Digital ->

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

+ 10 = 11