entenda por que você não deve correr para declarar o IR 2022


Neste ano, a Receita Federal tem uma novidade que promete deixar o momento da declaração mais fácil para os contribuintes.

Por isso, você não precisa ter pressa para declarar o IR 2022, já que a intenção da Receita é permitir que os usuários consigam, com poucos cliques, realizar suas obrigações. 

Qual a novidade do IR 2022?

A novidade do Imposto de Renda 2022 é que os contribuintes com nível prata ou ouro no Portal do Governo Federal conquistaram acesso a mais funcionalidades e serviços dentro do Centro de Atendimento Virtual da Receita Federal (e-CAC).

Essas pessoas serão beneficiadas com serviços que até o momento estão restritos a quem possui certificado digital.

Quando esse benefício do IR 2022 será concedido?

Os contribuintes terão acesso ao benefício a partir do dia 15 de março. Os usuários com conta prata ou ouro também poderão acessar a declaração pré-preenchida do Imposto de Renda 2022.

Na modalidade pré-preenchida, a Receita Federal fornece ao usuário um formulário com dados apurados nas declarações enviadas por instituições, empresas, imobiliárias e médicos em anos anteriores. Sendo assim, é somente necessário que o contribuinte confirme as informações ou realize ajustes antes de encaminhar a declaração do IR 2022.

Afinal, por que é bom esperar antes de declarar o Imposto de Renda 2022?

Os novos serviços oferecidos pela Receita Federal são para facilitar o momento da declaração e diminuir a necessidade do contribuinte precisar ir até um posto do órgão para buscar dados de declarações passadas. 

A Fisco, autoridade fazendária do país que controla os pagamentos de impostos em todas as esferas, aumentou o nível de segurança para acesso ao e-CAC na semana passada. 

A intenção da autoridade é justamente permitir que mais pessoas possam ser beneficiadas pelos serviços disponibilizados para usuários com certificado digital. 

Por isso, especialistas têm orientado que os contribuintes esperem até o dia 15 de março, para evitar erros maiores.

O que são os níveis bronze, prata e ouro?

Os níveis bronze, prata e ouro estão relacionados à conta Gov.br, uma identificação segura que comprova digitalmente quem está utilizando o serviço ou sistema. 

Essas contas têm 3 níveis de segurança. A partir de como elas foram cadastradas, é permitido que os indivíduos acessem, com suas identificações, diferentes tipos de serviço. Confira na tabela como funciona. 

Nível Como a conta foi validada O que pode ser acessado 
Bronze Conta cadastrada exclusivamente com informações do Comprovante de Pessoa Física (CPF) ou do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). Cadastro feito presencialmente nas agências do INSS ou Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN). Serviços digitais menos sensíveis
Prata Conta validada por biometria facial da Carteira de Motorista (CNH), dados bancários (Internet Banking ou banco credenciado), ou cadastro SIGEPE (para servidores públicos). Muitos serviços digitais
Ouro Conta validada pela biometria facial da Justiça Eleitoral ou por certificado digital compatível com ICP-Brasil. Qualquer serviço digital, sem restrição de acesso
Fonte: Governo Federal

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Marcelo Ricardo Daros / Shutterstock.com





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

49 + = 51