Já pensou em usar o cartão de crédito para investir? Agora é possível


A fintech da vez, é a Monis, que promete realizar investimentos usando seu cartão de crédito, a fim de realizar o seu sonho.

A fintech Monis surge no mercado para facilitar a realização dos sonhos e objetivos das pessoas usando o cartão de crédito, a ideia é fazer com que a pessoa que tem dificuldades de juntar dinheiro, utilize o cartão como ferramenta para ajudar nessa tarefa.

Já pensou em usar o cartão de crédito para investir? Agora é possível

Ao entrar no site ou aplicativo, é possível ver na primeira página uma aba onde o cliente pode decidir qual é seu objetivo, como juntar dinheiro para viajar, investir, fazer algo, e assim vai. Você também pode personalizar a seu gosto qual é a razão pela qual está juntando dinheiro.

Além dessa possibilidade, a Monis deixa o dinheiro aplicado rendendo 100% do CDI, que passa a render depois de um mês com o dinheiro na conta.

É SEGURO DEIXAR DINHEIRO NA MONIS?

Sim, o dinheiro que o cliente coloca na Monis, fica aplicado em uma conta-bolsão do Pagbank, um dos principais bancos do nosso mercado, e que conta com a cobertura do fundo garantidor de crédito (FGC), que assegura até R$ 250 mil investidos.

Além disso, o valor só pode ser sacado da Monis, se tiver a mesma titularidade que consta cadastrado na Monis.

COMO A MONIS LUCRA?

A Monis ainda não lucra, mas segue a estratégia muito adotada por diversas fintech’s, como o Nubank por exemplo, assumindo o prejuízo inicial, para poder aumentar a primeira base de clientes, enquanto isso, a fintech vem trabalhando em novas soluções e promete lançá-las em breve.

A fintech tem assumido todas as tarifas transacionais, que giram em cerca de 3% por transação.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de créditoempréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Nicoleta Ionescu/shutterstock.com





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

19 + = 25