MCTI: descontingenciamento de recursos e o cenário econômico 


De acordo com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), o Governo Federal decide quando os recursos financeiros serão contingenciados; ao passo que o próprio Governo observa o melhor cenário econômico para que ocorra essa liberação. 

MCTI: descontingenciamento de recursos e o cenário econômico 

Conforme informa o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), ao longo do ano, os recursos contingenciados pelo Governo podem voltar a ficar disponíveis para o órgão, ou seja, são descontingenciados, principalmente quando se observa melhora no cenário econômico do país, pormenoriza o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) em sua plataforma oficial.

Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT)

Para fomentar as atividades de ciência, tecnologia e inovações (CT&I), o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) também conta com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), que por meio da Financiadora de Estudos e Pesquisas (FINEP).

Financiadora de Estudos e Pesquisas (FINEP)

A Financiadora de Estudos e Pesquisas (FINEP) é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e gestora do FNDCT, que aplica esses recursos, conforme definição do Ministério da Economia, para financiamento de projetos utilizando recursos reembolsáveis e, para o fomento e a subvenção, recursos não reembolsáveis, informa o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

Sobre a execução do financiamento reembolsável

Executar ou não o financiamento reembolsável não depende em momento algum da gestão do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e sim do interesse de empréstimo por parte das empresas solicitantes por essa modalidade de operação, dependendo da avaliação de oportunidade das empresas de fazer o uso ou não desse financiamento. 

As operações dos recursos não-reembolsáveis

Conforme ressalta o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), as operações dos recursos não-reembolsáveis dependem da gestão do Conselho Diretor do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, presidido pelo ministro do MCTI, astronauta Marcos Pontes que executou 100% em 2019 e 99,35% em 2020 dos recursos liberados para uso.

A responsabilidade fiscal e o bom uso do orçamento da pasta são prioridades

Para o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), a responsabilidade fiscal e o bom uso do orçamento da pasta são prioridades. A execução de 2021, que se encerrou em 31 de dezembro, não foi diferente do executado por esta gestão nos anos de 2019 e 2020, informa o próprio ministério.

Busque informações oficiais

Busque por sites oficiais do Governo Federal, dos Ministérios e de outras instituições relevantes para o atual cenário econômico do país, por exemplo, o Banco Central do Brasil (BCB).

Veja o que é sucesso na Internet:



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

+ 71 = 75