“Muita coisa vai mudar”, projeta Cerol sobre o futuro do Fluxo


Com pouco mais de um ano no cenário competitivo do esporte eletrônico, o Fluxo já viveu intensamente quase tudo que uma organização poderia viver. Do título da Liga Brasileira de Free Fire até uma das piores performances do time na competição, o Fluxo planeja apresentar grandes mudanças para em um futuro próximo, segundo Lucio “Cerol” Lima.

+ “Vamos trazer o título mundial para o Brasil”, dispara Kroonos
+ Adolescente se suicida no Equador e pais culpam Free Fire

Durante uma transmissão realizada nesta semana, Cerol, um dos fundadores do Fluxo, revelou que a organização sofrerá diversas alterações. Assim, sem dar detalhes e falando sobre “expansão”, ele mostrou que todos ainda estão aprendendo com o projeto e que é preciso consertar o que for necessário.

“Muita coisa vai mudar. Muita coisa vai mudar no Fluxo. Então, a gente vai tentar fazer algumas mudanças para a gente acertar. Erros são aceitáveis desde que a gente aprenda com eles para poder corrigi-los. Nós vamos tentar vir fortes para buscar mais uma LBFF, buscar mundial, títulos no emulador e expansão”, disse Cerol.

Quer saber mais sobre Free Fire? Siga a Tropa Free Fire nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter!

O Fluxo vive um dos momentos de maior crise desde quando chegou ao cenário competitivo. Isso porque nesta edição da Liga Brasileira de Free Fire, por exemplo, o time deixou muito a desejar e ficou aquém do que a torcida esperava. Além disso, ainda não conseguiu engrenar com o projeto de emulador mesmo possuindo grandes nomes do cenário.





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

− 1 = 1