“Não importa quem estiver a frente nós vamos atrás”, dispara Stark antes do Mundial


O treinador da equipe atual vice-campeã da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) e representante brasileira junto à LOUD no Free Fire World Series (FFWS), Ítalo “Stark” Barros, concedeu entrevista exclusiva à Tropa Free Fire, e falou sobre expectativas para o Mundial, analisou adversários e falou sobre a classificação heroica. Vivo Keyd estreia no próximo dia 14, na fase de Play-in da competição.

+ FFWS: Quatro times que brigam pelas vagas nas finais
+ GOD Unidas se despede de JuninXL

A Vivo Keyd conseguiu uma classificação heroica ao FFWS 2022. A equipe brasileira vinha de ótimos resultados (um título e um vice-campeonato) antes da LBFF 7, mas nunca tinham tido a oportunidade de jogar o mundial. Enfim, na sétima edição de campeonato brasileiro de Free Fire, a Keyd conquistou a vaga. Segundo o treinador da equipe, é gratificante o que estão vivendo.

Desde o início cravamos que esse era o nosso sonho, sabíamos do desafio que nos aguardava. São três Liga Brasileira de Free Fire que nos mantemos no topo pra que enfim esse momento chegasse é gratificante tudo que estamos vivendo.“, disse o treinador brasileiro.

Foto: Reprodução/Instagram

Uma das equipes mais conhecidas dos brasileiros, é a atual campeã mundial, Evos Phoenix. Apesar de serem a principal equipe tailandesa, outra grande equipe também chama a atenção do treinador brasileiro: Attack All Around. Segundo ele, a vice-campeã tailandesa é o adversário a ser batido nesta primeira fase da competição.

Todos os times têm sua identidade quando se fala de estilo de jogo. Todos os adversários estão sendo estudados na questão técnica e prática. O time Attack All Around é um adversário a ser batido por que mostrou muita força em sua região assim como a Evos. Mas estamos pensando em um por vez e no momento este já citado é um time que vamos estudar bastante.“, disse Stark sobre estudar as equipes do mundial.

Apesar de serem conhecidos em solo brasileiro como uma equipe que cresce bastante em momentos decisivos. Stark pediu calma neste mundial e brecou a euforia, pelo menos no momento. Segundo o treinador, tem que ser dado um passo de cada vez: “Primeiro o play-in, depois a final… Estamos trabalhando e buscando manter nossa boa fase, lidar com os adversários lá fora não será fácil

Quer saber mais sobre Free Fire? Siga a Tropa Free Fire nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter!

Tropa Free Fire fará a cobertura completa do Free Fire World Series 2022. O Play-In será disputado no dia 14 de maio, garantindo quatro equipes na grande decisão, disputada no dia 21 de maio. Nesta data, descobriremos o mais novo campeão mundial de Free Fire.





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

9 + 1 =