Pão mais caro: guerra na Ucrânia é a causa; entenda


Pão mais caro? Depois do aumento dos derivados do petróleo como gasolina, diesel e gás, agora chegou a vez dos alimentos: o pão também será mais um do produtos que fazem parte da vida do consumidor brasileiro que vai aumentar. Sim, é isso mesmo, o conflito entre Rússia e Ucrânia irá impactar o preço do pãozinho. Isso porque os dois países são responsáveis por 30% das vendas mundiais do trigo, commoditie indispensável para a produção de pão e massas

 

A guerra entre Rússia e Ucrânia fez com que o preço do trigo fosse para as alturas no mercado internacional. Os economistas estimam que em breve o preço será repassado aos derivados, ou seja, para o pão e as massas.

 

Segundo o especialista em trigo da consultiria Safras & Mercado, Élcio Bento, a guerra elevou consideravelmente o preço do produto já que a produção tanto da Rússia quanto Ucrânia correspondem a 30% da produção do trigo no mundo inteiro. Na Bolsa de Chigago (EUA) ele chegou até 40% entre 23 de fevereiro e 7 de março.

 

Numa economia mundial um fato local afeta o mundo todo, pois a média de preço depende do repasse que está prejudicado pela guerra. Com a alta no mercado externo o preço de todos os países é afetado. Por exemplo, o preço do trigo na Argentina aumentou mesmo não estando em guerra. Se 85% das importações brasileiras do trigo vêm desse país, logo, em breve o preço dos derivados como o pão também será afetado. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo) dois terços do que é consumido no Brasil vem de outros países.

 

Ainda segundo Bento, “O reflexo [nos preços dos pães e massas] tende a ser imediato. O trigo que está sendo usado, neste momento, para fazer farinha foi comprado por um valor menor. Mas, se você pensar como empresa, ao saber que a matéria-prima vai aumentar, você começa a repassar preço rapidamente”.

 

Assim, em breve os estoques de trigo que foram mais barato devem acabar. O mês previsto para isso é abril. Sendo assim, é por volta desse mês que o aumento no pão vai começar a ser sentido no bolso do consumidor. Sim, o pão vai ficar mais caro.

 

Veja também: Alta da gasolina faz etanol virar opção; entenda

Veja o que é sucesso na Internet:



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

47 − = 43