Marketing Digital: tenha um site!

Marketing Digital

Quando uma empresa planeia criar novos meios de prospecção de negócios, o digital não pode ser deixado de fora. Para começar, é necessário saber como funciona o processo de criação de websites, seja a partir do WordPress ou de outro CMS, aqui falaremos sobre algums estratégias importantes de Marketing Digital.

De fato, embora hoje em dia existam várias plataformas capazes de criar websites em poucos cliques no conhecido método “drag and drop”, existem pontos que devem ser considerados para que o website se torne um forte representante da sua empresa e nós levantamos aqui, neste artigo, os principais:

Vamos em frente?

Qual é a importância de criar um site para as empresas?

Para levar a cabo uma estratégia de Marketing Digital, é necessário que as acções sejam aplicadas nos canais em linha onde o seu público está inserido. Estes canais são bastante variados: blogs, redes sociais, e-mails, entre outros. Mas o principal é o sítio web.

A estratégia digital precisa de estar relacionada com os seus objectivos empresariais, tanto qualitativos como quantitativos. Quando falamos de quantidade, referimo-nos às oportunidades de venda que o seu sítio pode oferecer.

Mesmo que o seu sítio não seja uma loja online, é possível gerar receitas através de um sítio institucional, por exemplo. O importante é que o conteúdo aí produzido seja relevante para as pessoas que a ele acedem.

Para que isto aconteça, é necessário que o seu sítio tenha boa visibilidade em linha, ou seja, que esteja presente entre os primeiros resultados dos motores de busca como o Google. Isto é bastante desafiante, pois precisa de conhecer bem as técnicas de SEO e aplicá-las.

Ao fazer isto, uma vez que as pessoas pesquisam na Internet digitando em termos específicos (a que chamamos palavras-chave) e encontram o seu site, maiores são as hipóteses de que parte delas se transforme em clientes.

Desta forma, o seu site começa a gerar as oportunidades de negócio que a sua empresa tanto quer conquistar. Portanto, é importante que tenha CTAs em pontos estratégicos convidando os visitantes a comprar o seu produto (se a sua oferta for uma simples venda) ou falar com um consultor comercial (se for uma venda complexa).

O que é preciso para ter um website?

Antes de iniciar o processo de criação de um sítio web, é necessário fazer duas compras: domínio e servidor. Vamos ver qual é a importância de cada um.

O que é um nome de domínio?

O domínio é o URL que deve ser introduzido na barra de endereço para aceder ao seu sítio. Por exemplo, o domínio Rock Content é rockcontent.com para que cada vez que alguém o introduza no browser tenha acesso ao conteúdo do sítio.

A escolha do domínio é muito importante no seu planeamento digital, porque precisa de ter uma ligação com a sua empresa, de preferência com o mesmo nome que tem.

Para saber se este nome está disponível, pode ir a sites como o RegistroBR, que oferece a venda de domínios .com.br, ou outros que vendem domínios .com, como o GoDaddy.

Eles têm uma barra de pesquisa na sua página inicial para ver se o nome que pretende dar ao seu site está disponível para compra.

O que é o servidor de alojamento de um site Web?

O domínio é o comando que dá acesso ao site, mas todo o seu conteúdo precisa de ser armazenado algures na web, certo? É para isso que serve o servidor de alojamento.

Assim, todo o seu conteúdo textual, imagens, vídeos, ficheiros e afins são armazenados. Tal como o domínio, a contratação é também anual e os preços dependerão do tipo de alojamento necessário para o seu sítio. Basicamente, existem dois tipos de alojamento: partilhado e dedicado.

O alojamento partilhado, como o nome implica, oferece um espaço web que partilha com outros utilizadores, e é uma opção viável para sítios principiantes que ainda não recebem muito tráfego. O alojamento dedicado dá-lhe o seu próprio espaço e é a opção apropriada para sítios que já recebem muitos visitantes.

Marketing Digital: Qual é o processo de criação de sites Web para empresas?

É fundamental que o sítio tenha a identidade da sua empresa. Por este motivo, é comum os proprietários de empresas recorrerem a um programador que possa desenvolver o sítio com base neste critério. Nestes casos, o processo de criação do sítio web tem normalmente as seguintes etapas abaixo.

Etapa 1: Serviço ao cliente

O primeiro passo é o serviço, ou seja, o contacto que tem com a pessoa responsável pela criação do sítio web. Nesta reunião, deve dizer-lhes as suas necessidades comerciais que o site precisa de satisfazer para que o criador lhe possa dizer qual o trabalho mais adequado e o orçamento.

Passo 2: Marketing Digital: Criação

A seguir começa a criação. Se for um site WordPress, terá de escolher um modelo que servirá de base para a criação. Existem opções gratuitas e pagas; neste artigo indicaremos os principais temas premium para as empresas.

Neste passo também é definida a parte visual do sítio, incluindo cores, tipologia, organização do menu, botões, entre outros itens que os visitantes verão ao acederem ao sítio.

Etapa 3: Programação

Agora o trabalho começa nos bastidores. A programação (também chamada back-end) envolve a estruturação dos códigos que dão funcionalidade ao sítio, ou seja, é diferente da parte visual (chamada front-end). Este artigo explica com mais profundidade a diferença entre os dois.

Esta parte do trabalho é mais complexa e específica. Embora alguns empresários possam criar sítios web sem terem conhecimentos de programação, se o desenvolvimento requer trabalhar no código, é melhor delegá-lo a alguém que saiba como fazê-lo.

Passo 4: Conteúdo

“O conteúdo é rei”. Esta frase cunhada por Bill Gates em 1996 perpetua-se até hoje no universo do Marketing Digital. Afinal de contas, por melhor que o seu site seja e tenha código limpo, não será muito eficaz se o conteúdo não for muito bom.

E se estiver a pensar o que é um bom conteúdo, a resposta é simples: conteúdo que é útil e relevante para o seu público-alvo.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

− 2 = 1