Primos criam franquia de pizzas descoladas e faturam R$ 17 milhões


O desejo de empreender foi o que uniu os primos Rodrigo Molina e Renato Mendes. Enquanto Molina trabalhava com construção civil, Mendes liderava uma empresa familiar de distribuição, mas queria algo mais humanizado. E foi então que eles se juntaram e fundaram a rede de franquias da Pizzaria Suburbano, no Rio de Janeiro. Atualmente, eles têm 15 unidades e faturaram R$ 17 milhões em 2021. Agora, eles se preparam para abrir a sua primeira franquia em São Paulo.

É provável que você também goste:

Quanto custa abrir uma franquia da chopp Brahma em 2022?

PicNic Brasil: empreendedora fatura R$ 150 mil organizando piqueniques

Mesmo após falir duas vezes, empreendedor fatura R$ 2,5 milhões com franquia de lavagem de carros

Primos criam franquia de pizzas descoladas e faturam R$ 17 milhões

Em 2018, Molina começou a fazer pizzas e entregar por delivery nas horas vagas. No caixa, ele tinha apenas o limite do cartão de crédito. Como o lugar onde ele morava era pequeno, ele se mudou para uma casa na região do Recreio dos Bandeirantes e começou a se dedicar mais ao negócio.

O local tinha uma cozinha com uma janela que dava para a rua. Ele dormia no local, tendo apenas uma pessoa que o ajudava a fazer as pizzas e um entregador. Ele trabalhava até às 17h na construção civil, e depois virava pizzaiolo. Ao contar a sua história para o dono de um restaurante onde almoçava, o mesmo contou que a cozinha do local ficava vaga à noite, logo ele poderia levar a pizzaria para lá. “Três meses depois eu me mudei para usar o espaço dele e também fui para um escritório novo”, diz.

Os primos sempre conversavam sobre a pizzaria e se complementavam: enquanto um entendia de pizzas, o outro entendia de gestão de negócios. E foi assim que eles perceberam que poderia criar uma marca de franquia de pizzarias, chamada Suburbanos.

Público-alvo

Em suma, os primos queriam um negócio que tivesse uma identidade que se comunicasse com os consumidores mais jovens. A intenção era ampliar o horário de atendimento até a madrugada e ser o point de quem procura um lugar para comer depois de festas, por exemplo.

Foi assim, que eles investiram R$ 50 mil para abrir a 1ª loja no Recreio dos Bandeirantes, no início de 2019. Depois de 4 meses, Molina pediu as contas e passou a se dedicar somente à Suburbanos. No mesmo ano, os primos abriram mais 2 unidades próprias.

Em setembro de 2020, eles criaram a 1ª franquia, na região da Freguesia, também no Rio de Janeiro. Segundo Mendes, o negócio já foi criado desde o início para ser uma franquia. Isso ajudou as unidades a se replicarem já com um modelo pronto. O foco das lojas segue sendo no delivery, que representa 90% do faturamento, tendo poucas mesas no salão.

Atualmente, a empresa tem 15 unidades no Rio de Janeiro, mas deseja ingressar em São Paulo. A 1ª unidade deve iniciar no final de março. Por fim, o investimento inicial para se tornar um franqueado é a partir de R$ 195 mil e o prazo de retorno é em até 18 meses.

 

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitchInstagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Tomas Rangel (divulgação).





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

65 − = 63