PT decide lançar Contarato a governo do Espírito Santo e aumenta impasse com PSB


O PT decidiu lançar a pré-candidatura do senador Fabiano Contarato ao Governo do Espírito Santo. No Estado, os petistas já vivem um impasse com o PSB, o que prejudica as negociações para formar uma federação partidária das duas legendas com PCdoB e PV. Em meio às divergências, o governador capixaba, Renato Casagrande (PSB), que pretende concorrer à reeleição, chegou a se reunir na semana passada com o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro (Podemos), pré-candidato à Presidência.

“Estou à inteira disposição do partido e da população capixaba para construirmos um projeto progressista para nosso querido Estado. Vamos juntos, Espírito Santo!”, escreveu Contarato, no Twitter. A decisão de lançar o senador na disputa foi tomada neste sábado, 19, e deve ser oficializada na segunda-feira, 21.

Contarato deixou a Rede em dezembro para se filiar ao PT. O senador ganhou projeção durante a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, instalada no ano passado no Senado para investigar ações e omissões do governo na pandemia.

O Espírito Santo é um dos Estados onde PT e PSB não conseguem se acertar, o que trava as negociações para a federação com PCdoB e PV. Se optarem por se federar, as legendas terão de realizar uma “fusão temporária” que precisa durar pelo menos quatro anos, desde as eleições até o final do mandato seguinte, o que pressupõe candidatura única a cargos majoritários como o de governador. Portanto, a pré-candidatura de Contarato esbarra nos planos de Casagrande.

No sábado, 12, o governador do Espírito Santo se reuniu com Moro. O encontro foi alvo de críticas de petistas. “Eu, pessoalmente, sou contra a federação, não com o PT, mas de uma forma geral”, declarou Casagrande no último dia 15, em entrevista à CNN Brasil, ao ser questionado sobre a repercussão de seu diálogo com o ex-juiz federal. Apesar disso, o socialista reiterou que seu partido deve apoiar Lula na disputa pelo Planalto.

No Rio Grande do Sul, o PT lançou a pré-candidatura do deputado estadual Edegar Pretto, mas o PSB quer emplacar o ex-deputado federal Beto Albuquerque na corrida pelo Palácio do Piratini. Dirigentes dos dois partidos se reuniram no último dia 11 com lideranças do PCdoB e do PV no Estado para tentar alinhar uma candidatura única. A reunião, contudo, terminou sem uma definição sobre o imbróglio.

Em São Paulo, onde se formou o maior impasse para a federação, o PT quer lançar ao Palácio dos Bandeirantes o ex-ministro Fernando Haddad, mas o PSB não abre mão da candidatura do ex-governador Márcio França.


Saiba mais

+ Ômicron: Sintoma inesperado da infecção em crianças preocupa equipes médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua






Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

85 − = 75