Qual o salário mínimo ideal em 2022?


Devido aos grandes aumentos nos preços dos alimentos que compõem uma cesta básica, o salário mínimo no Brasil deveria ser cerca de R$ 5.997,14. Este valor foi calculado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e corresponde a 4,95 vezes o piso nacional, que está em vigor desde janeiro deste ano com a quantia de R$ 1.212. 

É provável que você também goste:

FGTS: Caixa mudará regras para saque-aniversário; confira

Profissões que prometem bombar este ano com salários de até R$ 40 mil

Em dezembro do ano passado, quando o piso era de R$ 1.100, o salário mínimo ideal seria de R$ 5.800,98. Na opinião dos especialistas, este aumento do salário representa mais um ano sem ganho real, fato que prejudica a economia do país. Assim, os cálculos do Dieese levam em consideração o valor mínimo necessário para sustentar uma família de, pelo menos, quatro pessoas. 

Para calcular a média do salário mínimo, são considerados os gastos com alimentação, moradia, educação, saúde, higiene, lazer, educação, transporte, vestuário e previdência. Além disso, também é considerado o custo da cesta básica de São Paulo, que no mês de janeiro chegou a R$ 713,86.

De acordo com o Dieese, 16 das 17 capitais brasileiras pesquisadas sofreram uma alta no valor da cesta básica no início do ano. Dentre os maiores aumentos estão as cidades de Brasília (6,36%), Aracaju (6,23%), João Pessoa (5,45%), Fortaleza (4,89%) e Goiânia (4,63%).

Contudo, São Paulo lidera o ranking como a capital com a cesta básica mais cara do país. Em seguida, estão Florianópolis, com o valor de R$ 695,59, e o Rio de Janeiro, com R$ 692,83. Em Vitória, a cesta básica custa em média R$ 677,54, enquanto que em Porto Alegre o preço chega a R$ 673,00.

O levantamento aponta que os itens que ficaram mais caros em janeiro foram o café em pó, o açúcar, o óleo de soja, a batata e o tomate. As maiores altas acumuladas em 1 ano foram registradas em Natal (21,25%), Recife (14,52%), João Pessoa (14,15%) e Campo Grande (14,08%). Já as menores aconteceram em Florianópolis (6,79%) e Belo Horizonte (6,85%). 

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitchInstagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Leonidas Santana / shutterstock.com





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

98 − = 90