Site falso atrai vítimas em busca de “dinheiro esquecido” nos bancos


Na última segunda-feira (15), a empresa de segurança digital PSafe identificou uma página falsa para consulta de “dinheiro esquecido”. A página se identifica como “Registrato”, mesmo nome do sistema do Banco Central que foi usado em janeiro para correntistas verificarem quantias “perdidas” em contas antigas e que saiu do ar após alto número de acessos.

Esses sites falsos tentam enganar consumidores oferecendo a consulta de dinheiro esquecido em bancos para atrair vítimas e pedem que os usuários informem seus dados pessoais. E, mesmo que sejam inseridos dados errados, dizem que existe um “saldo a receber” e exigem dados pessoais para “saque instantâneo via PIX”.

É provável que você também goste:

Como elevar o nível da conta do Gov.br para consultar Valores a Receber

Valores a Receber: confira o calendário de liberação do dinheiro esquecido

O falso site (cuja imagem você confere a seguir) mostrava um formulário pedindo nome, data de nascimento e CPF do usuário para avançar com a suposta consulta de dinheiro esquecido em bancos e outras instituições financeiras. Vale lembrar que, no site oficial, não é necessário informar o nome da pessoa.

Imagem: Segurança digital PSafe

Os golpistas prometem no site que o dinheiro esquecido será enviado por PIX, mas dizem que a vítima deve compartilhar o link com contatos no WhatsApp para concluir o processo. Isso serve para ampliar o alcance do golpe para mais pessoas.

A página falsa mostra ainda um “contabilizador” de quantas pessoas teriam recebido o benefício e uma área que simula comentários do Facebook, para dar uma falsa impressão de autenticidade.

Esta página falsa foi criada uma semana após o BC anunciar a criação do sistema para consultar valores a receber de instituições financeiras.

Novo site para consultar “dinheiro esquecido”

É importante lembrar que, agora, o site para consultas se chama Sistema Valores a Receber (SVR). Nesse primeiro momento, o sistema do Banco Central não informa a quantia de “dinheiro esquecido” para receber, apenas informa se há ou não valor disponível.

Somente a partir do dia 7 de março será possível saber a quantia exata que é devida, e só então o usuário poderá indicar um Pix ou conta para transferência. O valor será creditado em 12 dias úteis.

Para pesquisar se você tem dinheiro esquecido em bancos, é preciso acessar o sistema do Banco Central. Veja abaixo o passo a passo:

  • Acesse o site oficial;
  • Digite seu CPF ou CNPJ e a data de nascimento ou de criação da empresa para consultar se você tem valores esquecidos em bancos;
  • Se houver dinheiro a receber, guarde bem a data que o sistema vai te informar. É neste dia que você saberá o valor exato que tem para receber e solicitar a transferência, também pelo valoresareceber.bcb.gov.br.
  • Caso o resultado seja negativo, aguarde a nova remessa de consultas em maio.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitchInstagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: fizkes / Shutterstock.com





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

− 2 = 2