Tropa dispensa jogadores do time de emulador


A Tropa, organização liderada por Delo “Delo7” Amendola anunciou na última sexta-feira (10) a dispensa de todos os jogadores que faziam parte da Elite, time de emulador da organização. A decisão coloca em xeque a permanência do clube no cenário competitivo de Free Fire, que já havia perdido a equipe mobile.

+ Booyah dará cosméticos grátis para espectadores do Taça da Patroa
+ Jota, da NSE, anuncia estar aberto à propostas

Sem dar detalhes sobre o que levou os jogadores a deixarem a organização, a Tropa afirmou que está passando por um período de grandes mudanças. Deixando a permanência no cenário competitivo no ar, o clube afirmou que “clicos diferentes estão por vir”.

Quer saber mais sobre Free Fire? Siga a Tropa Free Fire nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter!

“Alguns estão desde o início, outros chegaram há menos tempo. E com o nosso time de emulador, ganhamos muitos títulos juntos. Foram diversos campeonatos que participamos e tivemos emoção de todos os tipos”, afirmou a organização na despedida.

Deixando a comunidade curiosa em relação ao futuro da organização, a Tropa parece estar passando por uma reestruturação completa. No início deste mês, Luan “Clash War” Nunes, Matheus Belga e Renan Belga, também conhecidos como irmãos Belga, anunciaram a saída do clube.

Além da mudança no cargo de sócios, a Tropa, no mês passado, já havia dado os primeiros indícios de novos ares. Isso porque a organização anunciou a saída de todos os jogadores do time mobile, deixando a permanência na Série A da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) em aberto.

Com isso, os seguintes jogadores passam a buscar por uma nova casa para competir:

Brazil Kaiky “KAIKY” de Freitas
Brazil Hudson “Six9” dos Santos
Brazil Ronald “Moreno” Xavier
Brazil Patrick “Amorim” Amorim
Brazil Juliano “Pitbull” Matheus

BrazilZero” (Treinador)





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

37 − 34 =